Fórum Português sobre Enduro (Visita www.enduroportugal.com.pt)
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Condutores/as de que motas?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Silka
Promoção
Promoção
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 07/10/2010
Idade : 31

MensagemAssunto: Condutores/as de que motas?   Ter Out 19, 2010 8:50 am

qual a mota que utilizam agora...
e quais tiveram antes ...
e se possivel ... que mota prevêem que seja a vossa próxima aquisição dirt


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
miguelktm
Elite
Elite
avatar

Mensagens : 786
Data de inscrição : 24/05/2010
Idade : 33
Localização : V.N. famalicão

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Ter Out 19, 2010 9:00 am

Olá Silka Wink

Td bom??

E as fotos combinadas e o mais importante, aquele assunto bom lol!


Em relação á pgta do tópico,

A minha 1ª mota foi uma casal 4 , da qual os meus pais não sabiam da sua existencia, guardava-a na "bouça" hehehe

A 2ª foi um pushy (tipo lambreta) tb a guardava na bouça

3ª uma Bws (SCOOTER) tb a guardava na bouça

4ª uma blaster (moto4) essa já me foi oferecida pelo pai Smile

5ª uma scooter aprilia que era da minha irmâ para andar em Lamego na faculdade, quando acabou o curso, veio para casa hehehe Smile

6ª husqvarna 125 cr, boa mota tive-a 2 anos e nunca me deu problemas (e levava uma vida brava)

e por último a minha melhor máquina KTM 200 exc, sem sombra de dúvida das motas mais divertidas que andei, (boa para o XL Lagares)


A próxima estou seriamente indeciso se compro outra 200 ou 250 ou 300...

mas sempre KTM hehehehe Wink

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Silka
Promoção
Promoção
avatar

Mensagens : 76
Data de inscrição : 07/10/2010
Idade : 31

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Ter Out 19, 2010 9:16 am

Olá Miguel (não montei as manetes ainda...)depois sim coloco fotos... Laughing...mas posso meter da 250x.Da nova não tenho ainda fotos a andar pois a semana passada furei pneu...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ndias
Verde
Verde
avatar

Mensagens : 126
Data de inscrição : 17/01/2010

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Out 20, 2010 1:58 pm

Ora bem,

- comecemos quando fiz 6 anos que o meu pai me ofereceu uma MALAGUTI 50cc a gasolina, já ele fazia enduro (isto há mais de 20 anos).

- Depois aos 13 tive uma DT50, com a qual comecei a prática de enduro.

- Passado um ano passei para a CR125cc.

- No ano seguinte, estreei uma das primeiras KTM 200EXC que saiu em Portugal (grande mota, saudades).

- 2 anos volvidos, passei para a CR250 (suspensoes preparadas fora do país, sistema de escape completo FMF, um mimo de mota (provavelmente a mota que mais saudades tenho de consuzir).

- Passei algumas temporadas com ela, até trocar pela minha máquina actual, a KTM 300EXC. Estou muito satisfeito e não me vejo trocar tão cedo Very Happy

- a próxima não faço ideia, mas muito provavelmente uma 450cc (tenho pena em dizer isto, pq sempre fui e serei fã das 2T, mas pode ser que ainda mude de ideia Very Happy)


PS: Não sei se se referiam tambem às de estrada, mas tive uma Gilera Typhoon, tive uma TW 125cc e de momento tenho uma BMW F650 Very Happy

Cumprimentos dirt dirt
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
nuno_gsm
WEC
WEC
avatar

Mensagens : 1632
Data de inscrição : 11/09/2009
Idade : 36
Localização : MINHO >TERRA DOS INDIOS< *SEMPRE POR MAUS CAMINHOS*

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Out 20, 2010 2:37 pm

A minha 1a mota tive as 14/15 anos uma aprilia rally, toda tunada pa andar no mato pneus de taco escape leo vince traseira levantada eheheheh, (saudades).
Dps aos 18 comprei logo uma ktm 400exc , passado 3 ou 4 anos tempos comprei uma yamaha yz450f, e dps comprei a crf 450r.
Futuramente vou trocar ou para crf ou para rmz.

Vou-m manter ate a saúde o permitir sempre ligado as motas de monte, mas kuando entrar na casa dos 32 / 33 anos vou realizar o meu sonho de menino, k é ter uma Bobber ( old school retro )
Para quem nao sabe o que é uma bobber deixo aki a foto de um grande colega meu:

Esta tem motor Harley Davidson

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/NUNOGSM
Bernstein
WEC
WEC
avatar

Mensagens : 1113
Data de inscrição : 15/06/2010
Idade : 53
Localização : Leiria

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Out 27, 2010 2:30 am

Silka escreveu:
qual a mota que utilizam agora...
e quais tiveram antes ...
e se possivel ... que mota prevêem que seja a vossa próxima aquisição dirt



eia bem, há que tempos não pensava nisso...

deixa cá ver...

a 1ª foi aos 15 anos, uma Vespa 50 S
kitei-a de 90cc e dei cabo dela...

a seguir foi uma DT 125 MX
kiteia-a de 175cc e dei cabo dela...

aprendi a lição e não kitei mais motas

e a DT 125 MX já era uma ganda máquina: na altura entrei na Faculade no Porto, e ia sempre nela
mas não havia auto-estrada, era só curvas durante 200 Km...

e inda fui mta vez até ao Algarve nela, 500 Km sempre a andar !


Depois tive uma máquina espetacular: uma DT 125 LC ypvs que ia a todo lado. Algarve, Porto, Espanha, não conseguia tar parado, era sempre a dar-lhe, maquina do catano !

A seguir devo ter tido um acesso de loucura, que resolvi trocar a DT LC 125 por uma Aprilia 6.35 Touareg...

cada vez que passava uma mudança parecia que saia a caixa de velocidades pelo escape...

fui busca-la ao stand numa 6ª feira ao fim da tarde, e 2ª de mahã tava lá à porta prá devolver

o gajo até se pôs aos saltos, mas como eu só tinha pago a entrada...

ia lá ficar com aquele chasso... já tava habituado às japonesas...


Uns tempos depois lá troquei a DT 125 LC por uma Yamaha Tenere 600 com a parte electrica pifada

mal a comprei arranquei logo pró Algarve

como o sistema electrico tava marado, aprendi num instante a po-la a trabalhar de kick (bem dizem que a necessidade aguça o engenho...)


Depois da Tenere comprei uma das melhores motas que conheço: uma Africa Twin 650

pouco depois casei e, claro, fui com ela de lua de mel
(ah, e tb levei a minha mulher !)

durante um mês, foi um passeio espetacular ! Espanha, França, Itália, Grécia
duas semanas nas ilhas gregas,e depois o regresso...


A seguir deu-me pra trocar por outra Africa Twin, a 750, mas não ganhei nada com isso, a 650 era melhor

Então resolvi mudar de gama: comprei uma CBR 1000, a pensar que era o que tava escrito na carenagem "sport-touring"

ganda tanga ! não era uma coisa nem outra, era um charuto do caraças... (pesada, sem proteção aerodinamica, mal geitosa...)


De modo que me voltei novamente prás tourings que conhecia, e comprei outra Africa Twin 750
este modelo já era outra coisa, tinha sido bem melhorada, e fiz uns milhares de Km nela


Mas queria uma mota ainda mais touring, mais devoradora de Km, e comprei uma FJ 1200

foi uma das melhores motas que já tive !

o unico defeito era ter corrente, e ter que andar com o spray do oleo atrás, (e de aturar a mulher: "olha, fiquei com os sapatos e as calças todos estornicados do óleo da corrente !!")

Então comprei uma verdadeira touring: Kawasaki GTR 1000
esta é que é uma mota pra ir até ao fim do Mundo e voltar !
(e a passageira pode ir de sapatos, meias e calças brancas, que voltam da mm cor !)

Como a GTR 1000 é mto grande, comprei uma Honda Vision prás voltinhas
era uma maravilha, levezinha, era só acelarar, podia passar por cima da agua que não me molhava, e metia-lhe 700$ de gasosa que davam pra uma semana !

até a minha mulher gostou tt da Vision que a começou a usar, mas depois engravidou, e eu troquei a Vision por uma KDX 125

e pouco depois tive nela um acidente em que fiquei gravemente ferido...

foram longissimos meses de recuperação, e as motas paradas na garagem...

e assim ficaram durante uma década...


Então tive que decidir o que fazia: a GTR levou uma revisão e ficou nova
o que restou da KDX ofereci ao empregado do meu mecanico

e... resolvi experimentar o todo-terreno: comprei uma Husaberg, mas como passava mais tempo na oficina que em minha casa, comprei tb um WR 450

a WR é uma máquina espantosa, até nas mãos dum azelha como eu faz coisas incriveis !

a Husaberg às vezes inda tenho pesadelos, e tenho que descer à garagem a certificar-me que ela já não tá lá...

troquei-a por 2 motas: uma WR 400 e uma CR 250 de 96

mas como já tinha um WR 450, e como a CR não era matriculada, troquei as duas por uma CR 250 de 2001 com matricula

que é um animalzinho impressionante !


Mas isto do todo-terreno de mota é um vicio do caraças

já tinha feito mto TT de jipes, e não tem comparação possivel !

no inicio nem sabia bem o que era; inda usei as motos TT no dia a dia, mas vi logo que não eram feitas pra isso

até doi o coração sentir aqueles pneus no asfalto...

por isso comprei outra DT 125 LC prás minhas voltas, e as motos TT só vão mm prá terra !


E agora, passo toda a semana à espera que chegue Domingo, pra escolher uma das motas e ir pró mato...

desço à garagem, encosto-me a um carro, e fico a namora-las:

olho prá WR, olho prá CR, subo pra elas, volto a descer...

pró que me havia de dar nesta idade...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
J.Marques
Verde
Verde
avatar

Mensagens : 225
Data de inscrição : 31/03/2010
Idade : 35
Localização : Torres Vedras - Turcifal

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Out 27, 2010 11:43 am

1- Malaguti Grizly 50 - Aos 6 anos

2 - Malaguti RCX 4 com caixa de Velocidades e 50cc

3- Honda CR 80 Aos 14 anos

4- Aprilia RS 50 que usava para andar na estrada, quis exprimentar uma moto de estrada a maior estupidez, tinha na mesma a CR.

5 - Aprilia RS 125 continuei pela estrada mas andava na moto do meu pai na altura uma Aprilia Tuareg 125cc trail, na qual andava muito no mato.

6- CR125

7- CR250 Gripei 2 vezes

8 - Amelhor recordação a minha primeira moto de enduro a serio em que me diverti muito. TM 250 Enduro Ex Miguel Farrajota

9 - TM 300 de Enduro

10 - Esta prestes a chegar vou entrar no 4 tempos pela primeira vez - TM 250 FIES

Chegou a haver moto 4 la por casa e andei em muitas motos de amigos no tempo de escola,.... DTR´s LC´s etc etc
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
saul
Verde
Verde
avatar

Mensagens : 116
Data de inscrição : 16/10/2010
Localização : Fig. Foz

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Out 27, 2010 1:42 pm

curiosamente tambem comecei com uma Malagutti 50 em 1986 e depois comecei com a saga das CRs: uma 80 em '91, 125 em '94 e '97. Depois vieram as KTM: 125 em '98, 200 em '99 e '01, 250 em '06 e '08 e 300 em '10 e '11. E estou em crer que vou continuar assim até que a voz me doa Cool
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
pirata127
Nacional
Nacional
avatar

Mensagens : 324
Data de inscrição : 08/10/2009
Idade : 39
Localização : Faial-Açores

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Out 27, 2010 11:11 pm

humm....deixa ver se me lembro disto......

16 anos : Aprilia RX 50 Vermelha e Roxa



18 anos : Suzuki RM 250 de 94



19 anos : Suzuki RM125 de 97



21 anos : KTM EXC 400 2001



23 anos : KTM SX 450 de 2004



25 anos : KTM SX 250 de 2003



entre os 26 e 29 anos tive 2 KTM SX 125 e uma Mini moto





30 anos : Honda CRF 250 2005



Agora tenho uma Kawasaki KX 450F de 2007




São estas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Castro
Verde
Verde
avatar

Mensagens : 116
Data de inscrição : 29/09/2010
Localização : Gondomar

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Qua Nov 03, 2010 12:20 am

Bernstein escreveu:
Silka escreveu:
qual a mota que utilizam agora...
e quais tiveram antes ...
e se possivel ... que mota prevêem que seja a vossa próxima aquisição dirt



eia bem, há que tempos não pensava nisso...

deixa cá ver...

a 1ª foi aos 15 anos, uma Vespa 50 S
kitei-a de 90cc e dei cabo dela...

a seguir foi uma DT 125 MX
kiteia-a de 175cc e dei cabo dela...

aprendi a lição e não kitei mais motas

e a DT 125 MX já era uma ganda máquina: na altura entrei na Faculade no Porto, e ia sempre nela
mas não havia auto-estrada, era só curvas durante 200 Km...

e inda fui mta vez até ao Algarve nela, 500 Km sempre a andar !


Depois tive uma máquina espetacular: uma DT 125 LC ypvs que ia a todo lado. Algarve, Porto, Espanha, não conseguia tar parado, era sempre a dar-lhe, maquina do catano !

A seguir devo ter tido um acesso de loucura, que resolvi trocar a DT LC 125 por uma Aprilia 6.35 Touareg...

cada vez que passava uma mudança parecia que saia a caixa de velocidades pelo escape...

fui busca-la ao stand numa 6ª feira ao fim da tarde, e 2ª de mahã tava lá à porta prá devolver

o gajo até se pôs aos saltos, mas como eu só tinha pago a entrada...

ia lá ficar com aquele chasso... já tava habituado às japonesas...


Uns tempos depois lá troquei a DT 125 LC por uma Yamaha Tenere 600 com a parte electrica pifada

mal a comprei arranquei logo pró Algarve

como o sistema electrico tava marado, aprendi num instante a po-la a trabalhar de kick (bem dizem que a necessidade aguça o engenho...)


Depois da Tenere comprei uma das melhores motas que conheço: uma Africa Twin 650

pouco depois casei e, claro, fui com ela de lua de mel
(ah, e tb levei a minha mulher !)

durante um mês, foi um passeio espetacular ! Espanha, França, Itália, Grécia
duas semanas nas ilhas gregas,e depois o regresso...


A seguir deu-me pra trocar por outra Africa Twin, a 750, mas não ganhei nada com isso, a 650 era melhor

Então resolvi mudar de gama: comprei uma CBR 1000, a pensar que era o que tava escrito na carenagem "sport-touring"

ganda tanga ! não era uma coisa nem outra, era um charuto do caraças... (pesada, sem proteção aerodinamica, mal geitosa...)


De modo que me voltei novamente prás tourings que conhecia, e comprei outra Africa Twin 750
este modelo já era outra coisa, tinha sido bem melhorada, e fiz uns milhares de Km nela


Mas queria uma mota ainda mais touring, mais devoradora de Km, e comprei uma FJ 1200

foi uma das melhores motas que já tive !

o unico defeito era ter corrente, e ter que andar com o spray do oleo atrás, (e de aturar a mulher: "olha, fiquei com os sapatos e as calças todos estornicados do óleo da corrente !!")

Então comprei uma verdadeira touring: Kawasaki GTR 1000
esta é que é uma mota pra ir até ao fim do Mundo e voltar !
(e a passageira pode ir de sapatos, meias e calças brancas, que voltam da mm cor !)

Como a GTR 1000 é mto grande, comprei uma Honda Vision prás voltinhas
era uma maravilha, levezinha, era só acelarar, podia passar por cima da agua que não me molhava, e metia-lhe 700$ de gasosa que davam pra uma semana !

até a minha mulher gostou tt da Vision que a começou a usar, mas depois engravidou, e eu troquei a Vision por uma KDX 125

e pouco depois tive nela um acidente em que fiquei gravemente ferido...

foram longissimos meses de recuperação, e as motas paradas na garagem...

e assim ficaram durante uma década...


Então tive que decidir o que fazia: a GTR levou uma revisão e ficou nova
o que restou da KDX ofereci ao empregado do meu mecanico

e... resolvi experimentar o todo-terreno: comprei uma Husaberg, mas como passava mais tempo na oficina que em minha casa, comprei tb um WR 450

a WR é uma máquina espantosa, até nas mãos dum azelha como eu faz coisas incriveis !

a Husaberg às vezes inda tenho pesadelos, e tenho que descer à garagem a certificar-me que ela já não tá lá...

troquei-a por 2 motas: uma WR 400 e uma CR 250 de 96

mas como já tinha um WR 450, e como a CR não era matriculada, troquei as duas por uma CR 250 de 2001 com matricula

que é um animalzinho impressionante !


Mas isto do todo-terreno de mota é um vicio do caraças

já tinha feito mto TT de jipes, e não tem comparação possivel !

no inicio nem sabia bem o que era; inda usei as motos TT no dia a dia, mas vi logo que não eram feitas pra isso

até doi o coração sentir aqueles pneus no asfalto...

por isso comprei outra DT 125 LC prás minhas voltas, e as motos TT só vão mm prá terra !


E agora, passo toda a semana à espera que chegue Domingo, pra escolher uma das motas e ir pró mato...

desço à garagem, encosto-me a um carro, e fico a namora-las:

olho prá WR, olho prá CR, subo pra elas, volto a descer...

pró que me havia de dar nesta idade...


BRUTAL.... lol! lol! partir-me todo a rir....está excelente mesmo!!

Parabéns alcool pelo palmarés ....Realmente digno de registo....quem me derá ave
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Canario94
Promoção
Promoção
avatar

Mensagens : 99
Data de inscrição : 09/12/2010
Idade : 22
Localização : Esposende

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Seg Jan 03, 2011 11:30 am

Bem a minha primeira mota é a suzuki rm 125 que vou aprende muitas coisa e
depois aos 18 anos penso em mudar para uma 250 talves uma KTM ou Honda.

Aos 22 penso mudar para uma 300 talves husquvarna ou KTM e depois experimentar uma 450 CRF ou KTM.

Mas isto é so a minha espectativas.

Cumps
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
FernandoDias46
Verde
Verde
avatar

Mensagens : 287
Data de inscrição : 20/01/2010
Idade : 30
Localização : Capital Europeia da Cultura 2012

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Seg Jan 03, 2011 1:02 pm

Boas pessoal.

Ora vamos la recuar uns anos não muitos Razz

Falando de motas de estrada:

Aos 14 anos a minha primeira mota uma Gilera Typhon 50cc (ir pa escola e pa casa dos amigos e tal) ouvia se a mota a trabalhar na cidade e ainda estava a sair da aldeia!! lol

Aos 16 depois de ter sido perseguido por um PJ numa 500cc e que me levou a tribunal por nao ter carta. Tirei a tal carta de condução e tie uma TW125 (mota espetacular, dava para fazer drift pois tinha um pneu de camião atrás)

Depois até aos 18 foi smp a minha companheira, aos 23 comprei uma Yamaha FZ´r de 2006 600cc (uma brincadeira para conduzir, mais devagar ou mais de força) Very Happy agr com 24 anos tenho mota para muitos anos com certeza.


Motas de Mato:

Aos 15 anos o meu pai meteu me no monte com a KDX200 dele para aprender umas coisas.
No mesmo ano tive uma CR 125 (Mota em mau estado para enduro, sem baixas nenhumas, mota típica de motocross kuando abria as guelas cuidado mas po enduro é para esquecer (não tinha mão para a manter sempre a cantar)

Depois passados 2 ou 3 anos comprei uma KDX 200 nova, passei do 8 para o 80, único defeito era um pouco pesada, mas de resto que mota do caraças, mantenção zero era só gota la pa dentro e pneus. Baixas fantásticas e estradões não deixava nada a desejar. Aliás aconselho sempre para quem quiser começar a fazer enduro é brutal a mota.

Andei com ela ate aos 21, ano k comprei a mota que sempre sonhei ter, uma YZ250F de 2004. É a minha mota de momento, ao início desiludiu-me um pouco pois não é o indicado para enduro mas com o passar do tempo, aprendi a gostar muito da mota, tirando uns pequenos (contratempos) normais para quem tem motas de motocrosse e quer usa-las no enduro.

No futuro nao tenho intenção de mudar de cilindrada mas se mudar, na minha opinião as 300 a 4t devem andar muito proximo das motas perfeitas para a prática de enduro.


É esta a minha Historia de Vida no que diz respeito ás motas. (até ao momento) cheers

Cumprimentos,

Fernando Dias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
serrinha
Promoção
Promoção


Mensagens : 24
Data de inscrição : 22/10/2010

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Dom Jan 09, 2011 2:43 pm



BOAS...

Sempre tive uma grande paixão por motas mas a minha primeira mota foi só aos 21 anos porque nem os meus pais me deixarão ter uma quando era mais jovem e eu támbém só consegui arranjar dinheiro para comprar a que queria aos 21....

Mas aos 21 sem sequer nunca ter tido outra moto qualquer tipo uma casal ou outra coisa do género e tendo andado quando tinha 16 anos 2 ou 3 vezes numa casal e talvez 2 anos mais tarde aos 20 ter dado uma volteca numa moto 4 (ltz 400) fui ao stand e trousse de lá uma rm-z 250 de 2005. resultado nos primeiros tempos cada vez que ia andar... lá estava eu no chão...

Á cerca de um ano e meio troquei a rmz de 2005 por uma nova de 2009 e ñ me estou a vêr a trocar de mota tão depressa pois estou bastante contente com a que tenho agora... e que ñ tem nada a haver com a de 2005...


cumprimentoss... dirt dirt dirt


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Vascosequeiros
Verde
Verde
avatar

Mensagens : 143
Data de inscrição : 02/11/2009
Idade : 53
Localização : Braga

MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   Dom Jan 09, 2011 11:03 pm

O primeiro veiculo de duas rodas com motor foi em 1976, tinha então 12 anos, foi uma motorizada com pedais marca PUCH onde comecei a ter as primeiras noção de condução.
Em 1976 tive uma Motalli, uma 50cc com 3 velocidades com a qual fui adquirindo novas técnicas, apredi a fazer "cavalos", coisa que hoje me recuso a fazer (talvez por ser "cota"), e derrapagens.




1978 adquiri uma Gilera HP 50 com a qual na companhia do saudoso Alexandre Mendonça comecei a trilhar os caminhos da Serra do Carvalho e a incubar o virus do off-road. Foi a moto que me deixou mais saudades devido às grandes aventuras que tivemos. Eramos uns miudos (eu com 16-17 anos e o Alexandre com 13 ou 14 anos) que nunca tinhamos ouvido falar de Enduro ou algo semelhante e no entanto a nossa diversão era andar nos caminhos no monte.
Em 1982 vendi a Gilera e as hormonas aos saltos fizeram-me investir o dinheiro que tinha em Super-Bock, discotecas e preservativos (infelizmente mais em cerveja e rock and roll). Situação que se mateve até 1991, altura em que vendi o vasilhame e comprei uma Kawasaki KLR 650. Voltei a andar com o Alexandre uma vez que ele tinha uma Honda Tuareg (senão me engano), além da Cabrita, uma DT 125 com que foi Campeão de Verdes nesse ano ou no ano seguinte.
O Contacto próximo com o Caganato, fez com o acompanhasse a algumas provas do Nacional de Enduro e com que virus do off-road voltasse a despolotar.
No verão de 1992 ou 1993 (não sei ao certo), O Alexandre levou para Vila Praia de Âncora, onde estavamos ambos de férias, a sua Husaberg 350 e uma Macal 50cc que Ernesto Caetano lhe tinha emprestado. Nesse período passamos alguns fins de tarde na pista de S. Lourenço da Montaria (ele de Husaberg e eu de Macal). Em Setembro vendi a KLR e comprei uma Honda XR 600 com a qual fiz o primeiro raid em Lamego em 1994.



Não demorei muito a perceber que o peso duma 600 me fazia sofrer como um animal e me retirava metade do prazer, uma vez que o Alexandre, o Afonso Brandão e o António Coelho gostavam pouco de estradões e muito de trialeiras.
Então vendi a XR e em 1995 comprei a Suzuki DR 350 com que o Paulo da Charon tinha corrido no ano anterior.



Foi uma moto que me deu muito prazer conduzir era muito versátil com um grande motor mas com umas suspensões miseráveis.
Em 1996 troquei ao João Rosa a Dr por uma KTM 400. Era uma moto com um motor muito redondo, muito macia mas com uma dimensão exagerada. Para curvar com ela nos regos quase era preciso sentar no guiador.




Em 1999 comprei a unica moto nova que tive até à data uma KTM 250. Foi também a primeira moto de Enduro que tive a dois tempos. Adorei a moto, não era brusca como as 2t de até então e a trialar era fantástica porque era leve e tinha umas boas baixas.



Em 2004 voltei às usadas e comprei uma KTM 200. Tal como a 250 era uma boa moto mas faltava-lhe um pouco de motor.




Finalmenalmente em 2007 troquei voltei às 4 tempos, comprei a KTM 450 que mantenho até à actualidade.







Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sites.google.com/site/endurotest/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Condutores/as de que motas?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Condutores/as de que motas?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
enduroportugal :: Temas :: Geral-
Ir para: